Empresas Simples de Crédito são alternativa para pequenos negócios reforçarem o caixa

Relacionamento próximo aos clientes facilita liberação de crédito e garante mais segurança na negociação.
Desde o início da pandemia pela Covid-19 tem se observado um aumento da demanda por crédito de microempreendedores individuais (MEI), que se sentem despreparados para a tomada de crédito e também de micro e pequenos empresários em busca de estabilizarem seus empreendimentos.

Há um ano o Governo Federal instituiu a Empresa Simples de Crédito, ou ESC, como é conhecida, que acabou se tornando um apoio aos MEI´s e aos micro e pequenos empresários, nesse período de pandemia e confinamento.
Um caminho alternativo para os donos de pequenos negócios que precisam de empréstimo nesse tempo de coronavírus, a ESC acena com condições bem mais interessantes e facilidades maiores, do que as dos bancos e outras instituições financeiras.

A atuação se dá exclusivamente com a oferta de crédito para as micro e pequenas empresas, incluindo o microempreendedor individual (MEI), em uma área limitada à sede da empresa e municípios vizinhos.
De acordo com o consultor financeiro, Jocimar Pinheiro, a ESC tem um papel importante no suporte aos pequenos empreendimentos que enfrentam dificuldades durante a pandemia e contribuem na recomposição econômica da região onde está fixado o negócio. Pinheiro observa ainda que a ESC resulta em desenvolvimento local, uma vez que a riqueza gerada naquele lugar é investida na própria região.

A vantagem evidenciada pelo consultor é de que as Empresas Simples de Crédito (ESC) conseguem operar negócios com mais segurança e menos burocracia em face às proximidades com os clientes, ao contrário dos bancos.
“O empresário que procura crédito entra em contato direto com as ESC, que avaliam os documentos necessários, fazem o cadastro e liberam o recurso, dependendo do caso, na maioria das vezes, até no mesmo dia”, explica Pinheiro, que tem orientado esses pequenos negócios no contexto atual, por meio do Business Process Outsourcing (BPO Financeiro).

Pinheiro acompanha as rotinas financeiras e administrativas, permitindo que o empresário possa focar no desenvolvimento do negócio. O BPO Financeiro (Business Process Outsourcing) é uma excelente alternativa nesse momento, pois com isso o empresário terá mais tempo para focar em seu negócio principal e poderá contar com uma empresa com profissionais especializados, realizando desde a emissão da nota fiscal, boleto de cobrança, contas a pagar e a receber, enfim, cuidar de toda a rotina do seu departamento financeiro.

AV. N. Srª dos Navegantes, 955 - Sl 720 - ED. Global Tower
Enseada do Suá - Vitória/ES  |  +55 27 3025-6006