Você realmente sabe fazer planejamento estratégico?

Você realmente sabe fazer planejamento estratégico?

Atire a primeira pedra o empreendedor que não tem o desejo de visualizar um futuro melhor para o seu negócio. Só que, para isso acontecer de fato, é preciso projetar as mudanças no presente, não é mesmo? O planejamento estratégico é um momento ideal para organizar necessidades e demandas, discutir e avaliar melhorias.

Para ficar por dentro do assunto, confira o post de hoje!

A importância do planejamento estratégico

Pense bem: para atingir qualquer objetivo, você precisa saber o que fazer para alcançá-lo, concorda? Sem um direcionamento, sua empresa vai acabar navegando para a direção errada.

Ao contrário do que muita gente pensa, o planejamento estratégico não é uma necessidade exclusiva das grandes empresas. Micro e pequenos negócios também precisam dele para se destacar da concorrência. Afinal, é assim que se torna possível conquistar os resultados esperados.

10 passos fundamentais para formar um planejamento estratégico eficiente

1. Estabeleça a missão, a visão e os valores da organização

Qual é a razão de ser do seu negócio? O que você pretende oferecer para o público? Quais os seus principais valores? Todas essas questões devem estar bem desenvolvidas e implantadas na cultura organizacional de sua empresa.

2. Determine as metas

As metas são as direções que levam ao caminho de chegada. Cuidado para não cometer o erro de definir números impossíveis de alcançar. Ao mesmo tempo, evite metas baixas demais. Avalie todas as condições para desenvolver um parâmetro com base na sua realidade.

3. Faça uma análise detalhada da sua empresa

A análise SWOT, também conhecida como FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças) é uma técnica muito útil para identificar pontos fortes e fracos da sua estrutura organizacional.

4. Identifique o público-alvo.

Conhecer o seu cliente é a regra de ouro de qualquer estratégia. Hoje, saber o que comunicar, de que forma e para quem fazer isso é fundamental para o sucesso de um negócio.

5. Defina os objetivos da ação

Os objetivos devem estar diretamente associados à missão da empresa. Aumentar a satisfação dos clientes em 30%, elevar o índice de capacitação dos funcionários em 20% ou até mesmo regularizar a parte burocrática são exemplos de objetivos.

6. Valorize o trabalho da imprensa

É importante construir um bom relacionamento com esses profissionais. Afinal, a comunicação é parte integrante de uma estratégia. Leve em consideração que é preciso colocar a sua empresa em evidência, sempre!

7. Estude os recursos necessários para o desenvolvimento dos projetos

Quais são as ferramentas que você já possui e quais as que você precisa adquirir? A sua equipe está completa ou é necessário contratar mais mão de obra? Em quanto tempo isso pode ser conseguido?

8. Planeje cada passo das ações

Não esqueça de organizar bem o fluxo de caixa para ter uma visão abrangente dos recursos financeiros.  Isso traz mais estabilidade e segurança na tomada de decisões.

9. Faça o monitoramento das atividades

Acompanhe os relatórios, os indicadores de performance e todas as métricas capazes de apontar os resultados da sua estratégia.

10. Avalie os resultados

A partir do controle do planejamento é possível avaliar os resultados da sua estratégia; modificando ou mantendo as ações que trouxeram bons ou maus resultados para sua empresa.

Como você viu, fazer o planejamento estratégico exige muito foco e determinação. Ao mesmo tempo, não é nenhum bicho de sete cabeças. Mais complicado seria optar por não adotá-lo.

Gostou do artigo? Compartilhe-o nas redes sociais, para que seus amigos possam ler e aprender também!

AV. N. Srª dos Navegantes, 955 - Sl 720 - ED. Global Tower
Enseada do Suá - Vitória/ES  |  +55 27 3025-6006