Controladoria: o que é, afinal?

O que é controladoria e como esse conceito pode te ajudar

A situação das empresas já não é mais a mesma. Com a competitividade de mercado aumentando, assim como a exigência dos clientes, tornam-se cada vez mais necessários os serviços de uma controladoria para auxiliar no processo de decisão de uma organização. 

Mas você sabe o que é controladoria, para que serve e como funciona? Leia a seguir e entenda esse conceito tão importante para o mundo dos negócios.

O que é controladoria?

A controladoria é um segmento de contabilidade ou administração que é comandada por um gestor chamado de controlador. Funciona, na verdade, como consultoria, atuando fora da pirâmide hierárquica de uma empresa, auxiliando no controle das operações, visando às melhores decisões.

O objetivo da controladoria, primeiramente, é fazer com que a atividade executada por uma organização seja medida e avaliada.

Em seguida, o resultado é comparado com o desempenho dos concorrentes ou outras empresas da área, com o intuito de mostrar aos gestores como é possível melhorar os processos para obter melhores resultados.

Qual a sua importância?

Os avanços tecnológicos e de técnicas de mercado tornaram a competitividade muito grande e os clientes mais criteriosos. Para se destacar em meio à concorrência, é fundamental que a sua empresa tenha um planejamento estratégico voltado para essas novas tendências.

É ai que entra a controladoria na gestão do seu negócio. O órgão tem o propósito de melhorar a tomada de decisões, otimizar o fluxo de informações e aumentar a transparência, tornando o gerenciamento mais sólido.

Algumas das tarefas realizadas são:

  • suporte na realização de projeções sobre eventos econômicos que podem afetar as decisões gerenciais;
  • elaboração da análise de desempenho de todas as áreas corporativas;
  • análise dos resultados econômicos;
  • padronização dos sistemas de informação.

Como funciona?

A metodologia da controladoria se baseia no processo de controle. Ela se desenvolve por meio de padrões de qualidade estabelecidos previamente a partir do orçamento e planejamento da empresa.

É essencial que os colaboradores dos níveis mais altos até os operacionais estejam envolvidos, para que as contribuições sejam prestadas em todos os níveis da corporação e haja um equilíbrio. Inicialmente, o processo trata da estruturação de operações contábeis, financeiras e de apoio.

Em seguida, cuida-se do orçamento empresarial, da formação do preço de venda, do fluxo de caixa, dos custos e despesas fixas, das análises de retorno e de várias outras operações relacionadas à gestão contábil. Tudo deve ser feito visando eliminar qualquer risco de desperdício, roubo ou excesso.

Por meio dessas atividades e com a aprovação dos gestores da própria organização, é possível definir padrões de controle e objetivos que devem ser perseguidos para alcançar a melhoria de resultados esperada.

Assim, o controlador pode elaborar uma análise comparativa entre os resultados obtidos e os padrões de controle criados, observando desvios e traçando correções.

Entender o que é controladoria e o quanto ela pode ser útil para melhorar os seus resultados é um passo muito importante para qualquer instituição que deseja alcançar um rendimento acima da média.

Se você gostou do post e acredita que pode ser relevante para outras pessoas, não hesite: compartilhe nas redes sociais!