Entenda por que a sua empresa precisa da contabilidade gerencial

Entenda por que a sua empresa precisa da contabilidade gerencial

O conceito de contabilidade gerencial abrange uma série de técnicas e procedimentos, que, quando corretamente aplicados, são capazes de fornecer informações importantes para o processo de tomada de decisão nas empresas.

De fato, a contabilidade gerencial integra a contabilidade financeira e a de custos, além das tradicionais demonstrações contábeis, produzindo uma base de dados bastante útil para a gestão de qualquer negócio.

Entretanto, é preciso ressaltar que esse tipo de contabilidade deve ser aplicada internamente. Diferentes cálculos, controles, projeções, planilhas, KPIs (Key Performance Indicator) e relatórios, dão sustentação para análises de orçamentos, para a precificação de produtos e serviços e, também, para a construção do plano de metas corporativo.

Com essa ferramenta, é possível simular diversos cenários futuros e identificar tendências do mercado. Desse modo, é mais fácil gerenciar os riscos, evitar prejuízos e estruturar os investimentos — que, em geral, estão direcionados a lançamentos, expansões e prospecção de novos clientes.

A gestão empresarial suportada pela contabilidade gerencial

Diante de uma concorrência acirrada e de consumidores cada vez mais exigentes, é fundamental contar com uma gestão enxuta e inteligente, capaz de reduzir despesas e gerar lucros constantemente.

Nesse contexto, a contabilidade gerencial passa a ser indispensável para as empresas que buscam o crescimento de suas operações. Por meio destas práticas, empresários e gestores conseguem enxergar oportunidades de otimização dos recursos disponíveis.

Outros indicadores podem ser reunidos, como Valor Econômico Agregado (EVA) e o Valor Agregado de Mercado (MVA), por exemplo, que permitem a medição do grau de eficiência da atual gestão.

Ou seja, a contabilidade gerencial deve ser moldada de acordo com as demandas e a complexidade de cada setor, de modo a auxiliar nas decisões mais relevantes.

Os benefícios diretos da contabilidade gerencial

A contabilidade gerencial traz uma infinidade de benefícios, assegurando uma grande vantagem competitiva. Dentre os principais, estão o aumento da produtividade empresarial, já que desperdícios, falhas e gargalos, são localizados e eliminados.

Assim, contribui para uma administração mais estratégica, já que garante informações mais completas e seguras, essenciais para um planejamento a curto, médio e longo prazo.

Todos os níveis hierárquicos passam a estar mais engajados, uma vez que metas e resultados começam a ser comunicados de forma clara e permanente — respeitando sempre as políticas de sigilosidade e confidencialidade.

O papel do contador na contabilidade gerencial

Nesta nova realidade, o contador ganha destaque especial. Afinal, é preciso conhecer e avaliar despesas, receitas, ativos e passivos para entender a evolução do patrimônio e dos níveis de endividamento e, também, para prever como as oscilações do mercado afetam os negócios.

Com um olhar crítico, o contador pode perceber ameaças e, assim, sugerir mudanças voltadas à diminuição de gastos e ao aumento da lucratividade, bem como recomendar reajustes na contabilização de custos e garantir a adequação à legislação em vigor.

De fato, cabe ao contador providenciar dados confiáveis sobre o desempenho da empresa e, ao mesmo tempo, encontrar alternativas criativas e inovadoras para potencializar o uso do capital.

Por isso, é fundamental contar com profissionais credenciados e qualificados, que garantam o amparo necessário para uma gestão mais efetiva e competente.

Sua empresa já utiliza a contabilidade gerencial? Compartilhe seus comentários e opiniões sobre a importância desses dados no dia a dia de gestores e empresários.